Boracay é um dos destinos mais procurados das Filipinas e com certeza foi um dos primeiros lugares que escolhemos pra conhecer.

Boracay é uma ilha tropical localizada cerca de 315 quilômetros de Manila, Filipinas.

Com apenas 7,2 quilómetros de comprimento, esta ilha é tão pequena que pode ser percorrida de bicicleta, moto ou com triciclos.

Pra chegar la foram 3 vôos : Zurich/ Helsinky , Helsinky/Hong Kong e Hong Kong/Manila, o nosso foi assim pois usamos milhas para gerar a passagem mas com certeza tem jeitos mais fáceis de ir pra lá.

Como já sabíamos que ia ser um dia só de vôo resolvemos durmir uma noite em Manila e ficamos no Hotel Belmont, no vídeo mostro mais detalhes sobre o quarto.

No jantar resolvemos comer no hotel mesmo e já entramos no clima experimentando um prato tradicional deles.

Não lembro o nome desse prato mas era uma carne com vegetais e um molho de amendoim, adoramos esse prato, o amendoim dá um sabor bem diferente.

No outro dia nosso vôo era na hora do almoço e fomos para Boracay com a Cebu Pacific e chegamos pelo aeroporto de Caticlan que fica na ilha de Panay.

Boracay fica a mais ou menos uma hora de Manila.

Chegando em Caticlan que é o aeroporto mais próximo de Boracay, você pode pegar transfers que ficam na porta do aeroporto ou pode reservar e fazer pelo hotel.

Reservamos pelo hotel que ficaria mais fácil, pegam a gente no aeroporto e levam a gente até um lugar do próprio hotel que é onde tem os barcos.

Lá você pega um barco que te leva até a ilha de Boracay e tem uma van que te leva até o hotel, isso tudo demorou uns 40 minutos com trânsito.

Hotel

Reservamos o hotel Fairways and Bluewater Newcoast Boracay , e o hotel é maravilhoso, e ele fica na Station 1.

Vou explicar como é dividido:

  • Station 1 é onde ficam os hotéis mais de luxo e quem quer mais sossego é uma ótima opção
  • Station 2 é a área central, onde fica o D’Mall (shopping a céu aberto),muitos bares e restaurantes e os hotéis são mais normais mas tem alguns top também, é uma área bem mais agitada também.
  • Station 3 é de onde sai os passeios de barcos e onde ficam os hotéis mais econômicos.

Voltando a falar do nosso hotel, ele tem muitos restaurantes e com vários tipos de comida, é aquele hotel que se não quiser sair de lá você tem tudo ali dentro.

No primeiro dia jantamos no restaurante Laguna Café que é onde é servido o café da manhã.

Pedimos o famoso Phad Thai e para experimentar o Chao Fun Boracay Fried Rice.

No outro dia resolvemos curtir e conhecer mais o hotel.

Esse hotel possui uma praia privada e ficamos lá, possui um bar e também cadeiras e toalhas.

Tem muitos drinks e experimentei o Mango Daiquiri e o B52.

A água é incrível também, mas em todas as praias possuem avisos de água viva.

Nesse dia fomos em uma das 6 piscinas do hotel para conhecer e a maioria delas tem restaurante.

Nessa perto da praia tinha uma vista incrível.

Nessa piscina tem um restaurante com várias opções de comida italiana, comi um macarrão com camarão que estava uma delícia.

No outro dia saímos para conhecer as praias, nosso hotel tinha transfer até o D’Mall que é um shopping no centro de Boracay, no vídeo mostro como é lá.

White Beach

Atrás do D’Mall fica a praia mais famosa de Boracay, a White Beach.

A White Beach é incrível, uma praia que parece uma pintura de tão linda, com uma água transparente e quase sem ondas.

A praia é bem cheia mas como ela é grande sempre tem um espacinho.

Vi muitos posts falando sobre ver o pôr do sol em White Beach mas acabamos não conseguindo ir, mas fica a dica pra vocês.

Saindo de lá voltamos para perto do D’Mall para achar algum triciclo pra ir para outras praias.

Encontramos um moço que cobrou 350 pesos filipinos pra levar a gente em 2 praias e ficar meia hora em cada e deixar a gente no hotel.

Puka Beach

A primeira praia foi a Puka Beach que fica situada a noroeste de Borocay, a segunda maior praia da ilha,  estava cheia, tinha mais ondas mas a água também é incrível. Lá tem algumas barraquinhas vendendo bebidas e algumas vendendo roupas e souvenirs, mas não possui hotéis.

Acabei não tirando foto mas no vídeo mostrei um pouco de lá.

Ilig-lligan Beach

A praia mais deserta de todas, não tinha quase ninguém, e também não tem bares, somente um moço que vende coco e cerveja.

Quem quer paz e silêncio ali é uma ótima opção.

Saindo dessas praias resolvemos conhecer mais uma praia.

Diniwid Beach

A praia mais linda de todas, a água é igual a da White Beach só que a praia é bem mais vazia.

Possui alguns resort e algumas barraquinhas.

Na empolgação nem tirei fotos mas mostrei a praia no vídeo, se um dia voltar em Boracay com certeza reservo uns dois dias lá de hotel.

Todas as praias peguei indicação no blog Vícios de Viagem e lá tem dicas de mais praias que ela foi e passeios também que foram diferentes do meu.

Saindo de lá pedimos para o motorista indicar um lugar pra gente conhecer e ele nos levou em um lugar incrível.

Não sei o nome do lugar mas com certeza se mostrarem a foto pra alguém de lá vão saber onde fica.

É um lugar maravilhoso que você tem a vista de boa parte da ilha.

E lá também tem um lugar para tirar fotos com um coração escrito Boracay.

Saindo de lá voltamos para o nosso hotel e valeu muito o passeio, o motorista foi super simpático e acabamos pagando 1000 pesos filipinos pra ele mas ele cobraria mais barato que isso com certeza, mas como ficou bastante tempo com nós pagamos esse valor e claro que ele ficou super feliz.

Chegando no nosso hotel fomos conhecer mais uma das piscinas e almoçando por lá mesmo.

E no último dia ficamos só no hotel descansando e aproveitando tudo no hotel.

Nesses dias que ficamos lá sempre dava uma chuvinha a noite mas lá é bem doido chove e de repente sai um sol forte de novo, então não se preocupe pois o tempo muda toda hora.

Para voltar para o aeroporto reservamos o transfer do hotel novamente.

Agora vem conferir mais detalhes no vídeo:

E ai me conte o que achou de Boracay. Já foram pra lá!?

Beijos